Notícias

Caixa anuncia redução de juros para crédito imobiliário e cheque especial

Postada em 13/12/2019 às 11:01:04

Compartilhar:

Caixa anuncia redução de juros para crédito imobiliário e cheque especial
Medida vem após corte da Selic para 4,5% ao ano. Taxa para crédito imobiliário caiu 0,25 ponto percentual em relação ao praticado atualmente.

A Caixa Econômica anunciou nesta quinta-feira (12) nova redução dos juros para o crédito imobiliário e o cheque especial. A decisão foi divulgada após o Comitê de Política Monetária (Copom) reduzir, nesta quarta-feira (11) a taxa Selic para 4,5% ao ano.

A Selic atingiu o menor percentual desde a adoção do regime de metas para a inflação, em 1999. O atual ciclo de redução dos juros começou em julho deste ano.

Segundo a Caixa, no crédito imobiliário, a redução abrange tanto as concessões pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), quanto o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) e atinge ainda financiamentos de imóveis residenciais com saldo devedores atualizados pela Taxa Referencial (TR).

De acordo com o banco, a redução é de 0,25 ponto percentual para os clientes que optarem por receber seus vencimentos no banco e manter relacionamento coma Caixa. A taxa efetiva mínima para imóveis residenciais será de TR mais 6,50% ao ano. Essa taxa passa valer no dia 16 de dezembro.

Já as taxas de juros para o cheque especial passam de 8,99% ao mês para 8% ao mês para os clientes que optarem pelo pacote de relacionamento, e de 4,99% para 4,95% ao mês para clientes que escolherem receber seu salário na Caixa.

As novas taxas do cheque especial começam a valer a partir de 2 de janeiro de 2020.

“Com a redução da Selic a gente acaba fazendo uma reavaliação e essa reavaliação gera nesse caso redução de taxa de juros para os clientes, uma redução sensível no credito imobiliário e uma marginal no cheque especial”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, durante anúncio nesta quinta.


A redução da Selic anunciada nesta quarta pelo Banco Central já era esperada pelos analistas do mercado financeiro.
Com a decisão, a taxa atingiu o menor percentual desde a adoção do regime de metas para a inflação, em 1999.


Fonte: G1

Outras notícias

Newsletter

» Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.

Enviar mensagem
Me Chame no WhatsApp